Luiz Castelo, Físico
  • Físico

Luiz Castelo

Matão (SP)
2seguidores1seguindo
Entrar em contato

Comentários

(49)

Recomendações

(2)
José Roberto, Administrador
José Roberto
Comentário · há 3 anos
Fica difícil onde o estado que tem como obrigação garantir a segurança da população mas se omite de forma tão expressiva, incutir na cabeça de quem quer que seja que bandido deva ter direitos humanos preservados.
A análise é simples: Eles chegam, apontam uma arma na sua cabeça, te humilham, abusam, agridem, levam o que você trabalhou duro para conseguir e isso, se você for uma pessoas de sorte e sair vivo dessa.
A insegurança traz a inconformidade e isso é absolutamente natural. Como falar em direito de bandidos e direitos humanos, como convencer alguém que trabalha para obter seus valores de que existe alguma razão para que outros não façam da mesma forma?
A cada dia que passa, a omissão do estado agrava o problema da violência, e o primeiro pensamento, depois do "olho por olho" é a sobrevivência no sistema "custe o que custar". Como convencer famílias, pais, filhos, irmãos, maridos e mulheres que o ente querido foi tirado de seu convívio por uma violência obvia, latente, presente e crescente que nada de efetivo é feito, e aquela pessoa que você amava, se transformou apenas em estatísticas. Eu concordo que exista quem olhe pelos direitos humanos, mas se olha, porque não olha para o direito das sociedades esquecidas pelos governos omissos? Onde estão os direitos humanos de quem vive sobressaltado, esperando alguém querido que pode não voltar, ou por ver seus pertences, sua história, ser levada enquanto se fica absolutamente incapacitado de uma reação?
A reação da população, ao ignorar e ridicularizar os integrantes e a ideologia dos "Direitos Humanos" é sim, justa, mesmo que não veja como justo o simples extermínio de bandidos, não veja como justa a segregação social e não veja como justa a miséria e a fome assim como a ausência de oportunidades.
A ação dessa organização que objetiva a defesa dos direitos humanos, não tem chegado à população de forma a que se sinta em sua presença um benefício ou uma atividade que traga resultados positivos, mas apenas de uma organização que se faz notícia na defesa daqueles que para a população, de forma geral, representam todos os motivos da insegurança.
Com certeza, direitos humanos tem sido uma bandeira difícil de se ostentar.

Perfis que segue

(1)
Carregando

Seguidores

(2)
Carregando

Tópicos de interesse

(8)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Luiz

Carregando

Luiz Castelo

Entrar em contato